Bem-estar

TRANSTORNO DE ANSIEDADE

Coaching é um processo com foco 100% em solução, visa apoiar a pessoa que busca um desenvolvimento, ou seja, com foco pessoal ou profissional.

O processo de coaching busca aprimorar o desempenho das pessoas e sua capacidade de aprender. Implica fornecer feedback, mas também usa outras técnicas, como motivação, questionamentos eficazes e a adequação do estilo de gerenciamento do coach à prontidão dos coachees para dedicaram-se a uma determinada tarefa. Esse processo baseia-se em ajudar o coachee e se ajudar por meio de uma interação dinâmica – o coaching não depende de só uma pessoa que diz o que ou como fazer e que dá as instruções.

O coach desenvolve as habilidades e o conhecimento de uma pessoa para que melhore seu desempenho profissional, a fim de que sejam alcançados os objetivos da organização. Tem como propósito efetivar um alto nível de atuação e progresso no trabalho, embora também possa ser impactado na vida privada do indivíduo.

DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS

Você já ouviu falar em doenças psicossomáticas?

Muitas pessoas que sofrem de doenças crônicas, tem crises desencadeadas por causa de seu mau estado psicológico como tristeza, stress e depressão.

As doenças psicossomáticas podem exercer ação na saúde do corpo de maneira intensa. Isso ocorre porque a hipófise, glândula que possui ligação com a região do hipotálamo no cérebro, é a responsável pelo mecanismo que desencadeia a doença, uma vez que ela produz hormônios que controlam todas as funções do organismo.

As emoções e sentimentos mais fortes são percebidos pelo hipotálamo, estas emoções alteram as funções do hipotálamo e sua conexão com a hipófise. As doenças respiratórias, de pele, circulatórias e gastrointestinais causadas ou agravadas pela tensão nervosa são resultados desta alteração.

APRENDA COM OS ERROS

Você já deve ter dito ou ouvido que errar é humano. E é mesmo.

Nós damos tropeços, tanto profissionalmente quanto na vida pessoal. O importante em tudo isso? Precisamos encarar os erros como um processo de aprendizagem, pois eles tornam o indivíduo mais experiente e atento com relação a novas situações.

ANOREXIA NERVOSA

A busca implacável pelo corpo perfeito, o sentimento de que está sempre gordo – mesmo estando magro – e o medo excessivo de engordar pode ser sinal de que a pessoa sofre de um perigoso transtorno alimentar, a anorexia nervosa.

A incidência é muito maior em mulheres adolescentes e adultas. Com o tempo, o excesso de preocupação com o peso, a pessoa deixa de comer e passa a rejeitar o alimento. Essa psicopatologia apresenta diversos riscos clínicos, podendo levar à morte por desnutrição, e é essencial procurar orientação psicológica o quanto antes.

ESTABELEÇA METAS

Muitas vezes nos enchemos de objetivos, pensamos positivos, que são estados essenciais para impulsionar a motivação por mudanças, mas nos frustramos no final ao não conseguir atingir o tão almejado objetivo.

É que não basta ter sonhos, fazer planos, é preciso planejar, estabelecer metas para chegar aonde queremos. Não é uma tarefa simples, mas podemos começar relacionando as prioridades e definindo as tarefas e prazos para executá-las.

Um passo de cada vez, foco e sonhos atingíveis, melhoram a chance de sucesso

DEPRESSÃO CLÍNICA

A depressão clínica é uma doença psicológica muito comum e que precisa de tratamento.

A depressão ocorre quando a pessoa sente uma tristeza profunda, persistente e desproporcional aos acontecimentos, por longo período de tempo. Os sintomas mais comuns são o sentimento de vazio, perda de autoestima e falta de esperança.

A depressão quase sempre está associada à química do cérebro, por isso, o tratamento é integrado com médico psiquiatra que vai prescrever medicamentos e com o psicólogo. A psicoterapia ajuda a pessoa a se conhecer e a lidar melhor com seus sentimentos, bem como identificar e enfrentar elementos externos que também colaboram para sua depressão.

OS BENEFÍCIOS DA TERAPIA

Além dos problemas psicológicos, a psicoterapia ou terapia psicológica possibilita ao indivíduo encontrar o seu crescimento e amadurecimento pessoal.

Através da terapia é possível reconhecer-se e desenvolver recursos para romper com padrões de comportamento e identificar seus sentimentos e modos de pensar, fazendo com que consiga lidar melhor com eles em situações difíceis e a vencer o sofrimento psicológico.

QUANDO A ANSIEDADE É UM PROBLEMA?

Todo mundo fica nervoso ou ansioso nos dias ou momentos que antecedem algum acontecimento importante na vida ou quando está passando por algum tipo de dificuldade.

No entanto, a ansiedade pode se tornar um sério problema de saúde quando passa a afetar a pessoa mais profundamente.

Os transtornos de ansiedade têm sintomas muito mais intensos do que aquela ansiedade normal do dia a dia e aparecem como preocupações, tensões ou medos exagerados, sensação contínua de algo muito ruim vai acontecer, preocupações exageradas com saúde, dinheiro, família ou trabalho, medo exagerado e falta de controle dos pensamentos.

É importante procurar ajuda psicológica para enfrentar o transtorno de ansiedade.

TRISTEZA x DEPRESSÃO

Confundir tristeza com depressão é muito comum…

Mas pode ser um problema quando a pessoa acha que está triste e, na verdade, sofre de depressão, pois esta traz sérios riscos à saúde.

A tristeza geralmente está associada a uma causa externa, e tem um tempo definido de duração, normalmente está associada a um acontecimento específico.

Por outro lado a pessoa deprimida percebe que seus sentimentos diferem de uma tristeza anteriormente sentida. Ela caracteriza por um estado em que o humor fica melancólico, sem ânimo, “para baixo”, as vezes tédio, angústia e uma apatia sem fim.

A depressão causa um sofrimento muito grande o que acaba por muitas vezes retardando o diagnóstico, e pior, o testamento. Isso porque o paciente geralmente sabe como, onde quem procurar, ou porque simplesmente não tem energia.

Algumas pessoas podem ficar mal-humoradas, sempre insatisfeitos com tudo. Litam contra a depressão sem saber que sofrem dela, essa luta lhes rouba a pouca energia que sobra, deixando-os piores.

Geralmente é tratada com medicamentos e psicoterapia.

O PAPEL DAS ATITUDES POSITIVAS

Reflexos na sua vida profissional e pessoal.

Todos queremos ter uma vida feliz e sucesso no trabalho, mas às vezes, sem mesmo notar, temos atitudes ruins que nos prejudicam pessoal e profissionalmente.
Por isso precisamos desenvolver atitudes e emoções positivas para transformar nossa vida, estabelecendo metas, se atualizando às demandas no mercado e identificando quais são nossos pontos fortes e os que precisamos melhorar para atingirmos nosso objetivo.

12